- OPINIÃO

Responsabilidade civil do Conselheiro

O artigo 124 do Estatuto do Coritiba diz que os integrantes dos Conselhos do Clube responderão civilmente pelos prejuízos que a este causarem quando dentro de suas atribuições ou poderes, procederem com culpa ou dolo; procederem com violação da lei mediante abuso de poderes, violação dos deveres e obrigações previstos no Estatuto; ou se omitirem em relação aos deveres legais e estatutários inerentes ao exercício de suas funções.

Pois bem, na tarde de ontem (terça, 25/03), mesmo após alerta dos fiscais do Ministério do Trabalho para que não fosse utilizado determinado equipamento nas obras no CT, ocorreu um acidente envolvendo alguns funcionários do Clube que estavam utilizando o referido equipamento.

Sob o olhar dos jogadores, setoristas da imprensa e outros funcionários, foram atendidos inicialmente no local e logo depois encaminhados ao hospital indicado pelo plano de saúde que atende o Clube.

Segundo minhas fontes no referido hospital, os funcionários não foram atendidos porque o Clube estava em atraso com suas obrigações financeiras junto ao plano de saúde.

Ao que consta, o Conselho Fiscal deu parecer pela não aprovação das contas de 2018, sendo o parecer derrubado em votação pelo Conselho Deliberativo, na última segunda-feira, dia 25/03.

Pelo visto, muitos Conselheiros não estão se atentando para a responsabilidade que lhes foi outorgada, podendo, inclusive serem responsabilizados civilmente pelos prejuízos que causarem, conforme consta do artigo 124 do Estatuto, transcrito acima.

Cada Conselheiro deve ter em mente que amizade é uma coisa, responsabilidade civil é outra.

No meu entender, motivos para destituição do Presidente do Clube já estão configurados e, se buscarem detalhes junto ao Conselho Fiscal, estes motivos serão reforçados.

Mais uma vez, vale ressaltar que a união pedida aos Conselheiros em torno do Presidente não pode ser confundida com conivência com erros, os quais podem afetar, inclusive, a vida de muitos.

Enquanto a vida segue, torcemos para que o Presidente haja com mais responsabilidade e respeito aos funcionários, torcedores e à instituição!

Saudações Alviverdes!

Ricardo Justus Barreto

A coluna assinada não reflete a opinião do website, sendo de responsabilidade exclusiva do respectivo autor.

Share Button

63 Comentários em “Responsabilidade civil do Conselheiro

  1. Realmente uma situação seríssima sobre a responsabilidade dos conselheiros, as consequências poderão ser extremamente prejudiciais se a situação se encaminhar para um litígio entre os envolvidos no caso Clube e funcionários.

  2. Que fato triste e revoltante!

    Eu, como profissional de SST, afirmo que o Imortal encontra-se em maus lençóis, a Mesa Diretiva do CD e SESMT do clube. Perlo artigo 157 da CLT, o clube e seus representantes estão sujeitos a penas sérias, e responder civilmente pelo acidente, por negligência. E mais grave ainda para a Mesa Diretiva e o pessoal do SESMT que, além do processo civil, pela negligência e omissão de medidas de segurança, devem responder a um processo criminal.

    Para onde estão levando o nosso Coritiba…

    1
  3. Fui informado a pouco q Arauto promete uma grande campanha motivacional terminando na boca do túnel no clássico disputado no Xingu, também conhecido como Pinhão. Arautinho levará o pisca-pisca solitário, promete gritar coxaaa coxaaaa coxaaaa até desmaiar.

    1
  4. Belo texto….
    Impressionante o enorme desleixo com que os Dirigentes (CA) e alguns Conselheiros (CD) tratam a instituição Coritiba.
    A certeza da impunidade de seus atos, empobrecem cada vez mais a história do clube.
    O descrédito cada vez maior da instituição, perante os pares, a imprensa e a torcida, aumenta em progressão geométrica.
    Qualquer tentativa para sair deste lodo, não será rápida… serão anos e anos de trabalho de reconstrução….
    2020, é logo ali…. até lá, infelizmente, definharemos mais um pouco….
    Força Nação Alvi-
    Verde…. força…..

    1
  5. E a matéria de hoje na Gazeta, onde segundo nota do clube, depois de todo esse parto para economizar desde contratação de jogadores até a Tia do Cafezinho, sujeitando o Clube as maiores humilhações em 110 anos de existência, a diminuição da dívida total foi de……….$ 100 mil ! E completa dizendo que a malharia própria, “apesar do pouco retorno global” teve um lucro inferior a $ 200 mil.
    Agora me digam: Estamos perdidos ou não ??? O rapaz é um “case” de sucesso administrativo ou não ??? Merecemos série C ou não ??? Os que apoiaram o rapaz, estão contentes ???
    Quase 1 ano e meio de vergonha, vexames, humilhação, para ao invès de $ 270 milhões estarmos devendo $ 269.900 ???
    Viva o Samir !!!

    1
  6. Será que irei ter que rever meus conceitos? Quando acreditei nos especialistas, nos ícones do jornalismo paranaense, no jovem Luiz Henrique Barbosa, no Indomável que ajudou a trazer o Renê Simões para a palestra do MIT e fez as pazes com o Luiz Henrique Barbosa, na IAV, no uniforme próprio, no conselheiro e consultor executivo Vilson Ribeiro, naqueles que dizem querer o bem do Coritiba mas apenas terceirizam ações para seus grupelhos com medo de se exporem porque nunca é o momento, de outros que apenas espiam e só comentam quando é conveniente??
    Meu Deus , me dê uma luz e diga que Lobby Floripa e eu não estamos errados quando afirmaram que o jovem Presidente Namur era o mais preparado sem nenhuma dúvida!!

    1
      1. Alguém falava que precisava um grande empresário para comprar o CC e tira-lo da lama. A Red Bull pretende fazer isso com o Bragantino. Não custa sonhar que a Cini fosse comprar o CC: Cini Futebol Clube. Gengibirra de patrocínio master…
        P.S.1: Rir para não chorar
        P.S.2: Eu amo Gengibirra. Faço estoque quando encontro, porque aqui no Norte do PR poucas unidades ficam a disposição apenas nos mercados da Rede Condor.

  7. Hoje a menor sem duvida nenhuma tem dois gigantes colunistas o Paulo e o Ricardo. Essa coluna do Paulo está irretocável.simplesmente espetacular. O que me chamou mais a atenção foram esses dois paragrafo;

    “Ao que consta, o Conselho Fiscal deu parecer pela não aprovação das contas de 2018, sendo o parecer derrubado em votação pelo Conselho Deliberativo, na última segunda-feira, dia 25/03.

    Pelo visto, muitos Conselheiros não estão se atentando para a responsabilidade que lhes foi outorgada, podendo, inclusive serem responsabilizados civilmente pelos prejuízos que causarem, conforme consta do artigo 124 do Estatuto, transcrito acima.”

    O conselho deliberativo que endossou a continuidade desses irresponsáveis que QUEBRARAM O CLUB. deveriam ser destituídos todos, da vida politica do Club.tem uns ali que nunca acrescentaram nada, apenas atrapalham, mas vivem de galho em galho . E a responsabilidade dos conselheiros que muito bem lembrando pelo Ricardo, fere o estatuto poderiam ser responsabilizados civilmente . Lembrando que o Quinteto Azul e o CD não passariam pela conduta COXA.

    1
    1. Franco, com todo respeito, mas nesse caso o Couto Pereira não tem merecido esses últimos times do coxa. Muito pangaré por m². Por outro lado comungo, estádio do Pinhão é fim de feira para o Imortal.

      1
  8. Estadio do Xingu. Hoje Pinhao. O piso e um risco pra atletas profissionais. Forca demais joelhos e articulacoes. Joguei uma pelada la esses tempos. Nada comparado ao canil arena. Vai ser o verdadeiro Classico dos Farrapos. E outra la como o piso e ralo e ruim e ideal e chuteira de sintetico, sem trava, imagine um jogo profissional com cara de FUT8?

    1

Deixe uma resposta