- BRASILEIRO SÉRIE B, PRÉ-JOGO

PENSANDO SÓ NA VITÓRIA, COXA RECEBE O CRICIÚMA.

No dia do seu 110º aniversário, o Coritiba recebe o Criciúma pela 28ª rodada desta série B, neste sábado (12) às 16:30 horas. Muitas promoções estão à disposição do torcedor Coxa-Branca, o sócio adimplente (menos Special e Campeão) poderá levar 2 acompanhantes grátis nesse jogo, no mesmo setor que o seu.

Foram vendidos ingressos para a arquibancada a cincão nesta sexta-feira e na compra do 2º ingresso para as Sociais ou Pró Tork (o 1º custa 80 reais), esse sai com 50% de desconto. 110 mascotinhos entrarão em campo com os atletas, houve o lançamento da camisa 110 anos, ao preço de R$ 169,99 nas lojas Sou 1909. E finalizando o dia de comemorações, 1.980 participantes darão a largada neste sábado (12) as 20:30 da Coxa Run, com percurso de 5 e 10 km, a saída e a chegada estão programadas para serem de dentro do gramado do Couto Pereira.

Em 6º na tabela de classificação com 40 pontos e um jogo a menos (o do Cuiabá), o Coxa conta com os tropeços do América-MG e do Paranito para chegar ao G4 ainda nessa rodada, isso já contando com a vitória neste sábado. O Sport (com 49 pontos) que ganhou nessa rodada e o Atlético-GO (com 47 pontos) que empatou fora de casa nesta sexta (11), estão com um pé na elite do futebol brasileiro em 2020. O Bragantino vai só cumprir tabela até o final, já é o campeão desta série B, aí sobra uma vaga em jogo. Faltando 10 rodadas (o Coritiba ainda tem o jogo contra o Criciúma e contra o Cuiabá, mais esses 10 jogos): Coritiba, América-MG, Paraná, Cuiabá, Ponte Preta, Botafogo-SP e CRB estão disputando essa provável última vaga.

É possível que com mais 7 vitórias nesses 12 jogos que restam ao Coxa, o acesso à serie A venha com 61 pontos. Mas o time precisa melhorar o seu desempenho em campo, desse jeito que vem jogando nas últimas rodadas, não sobe!

Nathan Ribeiro (o zagueiro) que chegou ao Coritiba nessa semana e ainda não estreou, está fora desse próximo jogo, foi vetado por causa de uma virose, segundo o DM Coxa. O volante Matheus Sales pegou mais um jogo de suspensão pela expulsão contra o Atlético-GO na 21ª rodada, Serginho deve ser o seu substituto. Assim o técnico Jorginho deve mandar a campo esse time: Muralha; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e Patrick Brey; Serginho, Juan Alano e Rafinha; Kelvin, Robson e Nathan (Rodrigão).

O Paraná Banco (Joel Malucelli) será o patrocinador máster na camisa Coxa-Branca até o final desta série B, que já conta com os patrocínios da multinacional Killing e da RDP.

Um árbitro FIFA apita CFC x Criciúma, Dewson Fernando Freitas da Silva (do Pará), ele será auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Bárbara Roberta da Costa Loiola (PA). Dewson tem 38 anos, é empresário na área da construção civil e tem muita experiência, apita com frequência na série A e esse será o seu 1º jogo de série B em 2019.

Share Button

20 Comentários em “PENSANDO SÓ NA VITÓRIA, COXA RECEBE O CRICIÚMA.

  1. O Coritiba de 110 Anos
    Há 12 horas
    Ação simbólica remonta origem coxa-branca, resgata personagens da fundação e dá sabor a longa trajetória do Coritiba
    A trajetória do Coritiba Foot Ball Club ao longo de seus 110, completados neste 12 de outubro de 2019, é marcada pelo amor de sua torcida, pelo respeito de um país e pela certeza de vida longa a um clube reconhecido por sua história e conquistas. Todos esses ingredientes fazem do Coxa um time amado, de luta e tradição. E é essa responsabilidade que a nação coxa-branca carrega visando seu futuro.

    Cada coxa-branca tem a sua própria história junto a estas cores verde e branca. Cada torcedor tem lembranças de famílias e amigos. Recordações e sentimentos de pessoas que já se foram ou daquelas que estão acostumadas a torcer e a amar o escudo alviverde dia após dia, independentemente do que aconteça: essa é a fibra que mantém acessa uma das mais vibrantes e apaixonadas torcidas do Brasil.

    Por todo este tempo, todo coxa-branca, em sua essência, procura entender este amor sem igual, sem tempo, sem porquê. Nada separa este sentimento. É como ouvir a música perfeita. Aquela que traz lembranças, empolga e emociona e não sabemos muito bem a razão. Muito além de letras, o detalhe de cada nota e arranjo nos remete a emoções distintas.

    Nos primeiros dias de outubro de 2019, um trabalho minucioso, apoiado pela família Essenfelder, fez surgir um significativo evento no gramado do Couto Pereira. Uma música bem conhecida da torcida do Coxa foi tocada de forma bem diferente daquelas habitualmente ouvidas pelas curvas e arquibancadas do estádio Couto Pereira.

    Ao sabor do piano da família Essenfelder, a melodia soa como um complemento dessa paixão que nos aquece e que nos mantém vibrantes pelas cores mais tradicionais do futebol do nosso estado. São 110 anos de desafios, superações e um amor incondicional, que neste 12 de outubro irá ecoar por todo o país. Com orgulho, parabéns ao nosso Coritiba. Abraços saudações alviverde Eduardo Requião Lopes dos Santos completará 43 anos

    1

Deixe uma resposta