- OPINIÃO

OS CANHÕES DE NAVARONE.

O belo filme, os canhões de Navarone, de 1961, rodado na ilha grega de Rodes, mostra os esforços de um comando aliado para destruir um forte alemão, onde dois grandiosos canhões impediam o resgate de soldados aliados.

No elenco nada mais que Gregory Peck, David Niven e a lenda Anthony Quinn. Por si só não é preciso dizer mais nada sobre o filme. O detalhe que chama atenção é a estratégia, determinação, ousadia e claro um comando forte.

Dia destes vi, por este sítio, uma entrevista do alto comando do CC. Nem parecia uma entrevista. Se assemelhava mais com uma reunião do conselho da ONU. Busquei em minhas memórias e, sinceramente, não me lembro de ver em nenhum clube algo parecido.

Claro, que isso só acontece pela precariedade do estatuto da organização. Para quem já teve um triunvirato, até que um quinteto não é lá tão esdrúxulo.  

Porém, se nota uma clara falta de comando na instituição. É sabido que galinheiro que tem muito galo, a galinha passa vontade.

O CC morre a cada dia a olhos nus. Amargando a decima posição na pior Serie B da história, tenho comigo que o ano acabou, nada mais devemos esperar de um time fraco tecnicamente e sem comando técnico e administrativo.

É inacreditavelmente inaceitável que uma organização tenha cinco mandatários e todos despreparados para tal função. O clube virou uma grande confraria. Muito comandante para pouco índio, desorganizado gira em torno de seu eixo e não encontra o seu norte.

Fruto da desorganização estatutária, dos ciúmes intramuros, dos grupinhos políticos, da sede desmedida do capitalismo de empresários e conselheiros muito abnegados, a instituição morre como um peixe sedento em rio poluído.

A selvageria administrativa imposta à organização é descomunal com sua gente que, cansada não encontra mais forças a não ser por meia dúzia de lunáticos organizados que mais parecem militância de seitas escabrosas.

Falta comando, falta pulso, falta um líder, falta um MCP ao antigo e glorioso Coritiba, relegado, ultimamente, apenas a um CC. Até quando teremos que aturar aventureiros com grande apelo na sociedade, administrando e enterrando essa organização?

Faz anos que bato na tecla que por serem bons moços da sociedade imaginamos heróis salvadores e a cada dia estamos mais afundando num pântano.

A salvação do CC passa por uma “rasgadura” do maldito estatuto, por uma faxina ética e moral, pela contratação de executivos bem remunerados que tragam soluções a médio e longo prazo e não por balelas de amor e abnegação para com a instituição.

Passou da hora de rasgar a fantasia, mandar as favas velhas, tradicionais e caducas práticas administrativas que estão levando ao inferno uma outrora instituição gloriosa.

É necessário um planejamento estratégico a longo prazo, auditorias das contas dos últimos vinte anos, marketing agressivo, gestão dos recursos humanos, visão holística sobre todos as unidades de negócios da instituição e ousadia.

É preciso limpar as categoria de base, expurgar interesseiros nefastos que se beneficiam da instituição, mandar as favas parasitas que estão matando o hospedeiro e oxigenar o ambiente.

Para isso necessitamos de um líder, um homem destemido, com visão empreendedora e sem medo de romper laços arcaicos e que não tenha rabo preso com ninguém.

Por se encontrar em estado terminal o remédio, necessariamente, terá que ser amargo. Ou se toma medidas e salva o paciente ou logo sepultaremos um cadáver grandioso.

Espero que o final dessa história seja como em Canhões de Navarone. Com a vitória dos aliados.

Paulo Cesar Rink.

Share Button

97 Comentários em “OS CANHÕES DE NAVARONE.

  1. Sempre afirmei e continuo afirmando sobre o que mais vale é a boa condição financeira e estrutural dos clubes. Mas do jeito que está, nem uma estrutura como a do Real Madrid ou do Barcelona não seriam tão eficientes, pois com alguns dos jogadores que estão jogando, nem assim daria bons resultados. O Jonatas Belusso é bem melhor que o Bruno, só precisa jogar mais fixo no ataque, para ter maior condição de marcar gols. O Yan Sasse depois do Guilherme Parede é o que mais marcou gols e nem sequer entra nas partidas, nem como substituto, pelo que já acompanhei. O Alisson em minha opinião é também mais eficiente que o Pablo, pois já marcou alguns gols e o Pablo nada. Sobre o Pablo considero que não é mau jogador, tendo até bom potencial, é preciso apenas treinar mais chutes a gol, de forma mais intensiva e específica, para que possa render mais.
    Não está prevalecendo a lógica na escalação do time, pois estão escalando jogadores que muito pouco produzem, em detrimento de outros que têm melhores condições de render mais.

  2. Com mais 4 vitórias o Coritiba escapa do risco de rebaixamento para a série C. E será só por esse ano. Já deveriam procurar treinador para começar a planejar o time do ano que vem com menos verba. Renova com o Pelaipe até metade de 2019 para ele ter a chance de pelo menos montar o time do regional e ser avaliado. Fora isso, nosso agradecimento aos 1070 associados que elegerem Samir Namur.

  3. E na sexta-feira nossa defesa vai enfrentar um adversário conhecido e contando com o artilheiro da série B. Vamos ver se nosso treinero (motivador que só ele) consegue segurar o Dagoberto, ou se passaremos mais um vexame.

  4. A Série B mais varzeana da história é simplesmente medíocre, esse time do Londrina é horrível, o detalhe que estamos no meio da tabela!
    A fagulha para despertar o Glorioso para alguns é uma cartilha copia, cola e edita, tudo isso por terem as portas fechadas e um pé no meio das nádegas daquele que fizeram campanha velada !
    Nada como um dia após o outro.

  5. Taça Dionísio Filho e título com os pangarezinhos beijando o escudo emocionou alguns.
    Bater em bêbado ou melhor em semi amadores, não é mérito nenhum e sim covardia.
    O resultado final desde o início sabíamos.

  6. Que exemplo o conselho do Santos esta dando. Aprovou o processo de impeachment do presidente do clube. Os socios vao decidir. Ja no Coritiba os conselhos nao servem pra nada. Basta dar um kit cala a boca que tudo se resolve.

    1
    1. Só não concordo com o Tio Mafuz quando ele diz que o jogo contra o Poodle Goianiense foi o pior. Ainda tenho na lembrança o 3×0 que o Coritiba tomou do poderoso Foz no Couto pelo regional desse ano. Teve até elástico no meio das pernas do zagueiro.

  7. Só porque o albano pediu o Samir soltou outra cartinha. Essa cartinha comprovou que a faixa preta dos salários em dia era do Samir mesmo.
    Mas vamos pensar (coisa que nosso G5 não faz) sobre a cartinha:

    1º Não adianta ter salários em dia se o time é formado por tiriça. Pague em dia, triplique o salário, dê o “bicho” no vestiário… não adianta. Calçar chuteira em pangaré não significa que ele saiba jogar bola.

    2º Paulo Pelaipe não faz gol, não é motivador de vestiário. Ele sabe garimpar jogadores e negociar (se não estou enganando Geromel no grêmio foi achado dele). E o que ele podia fazer (contratar) não pode mais, a janela fechou.

    3º Tcheco não é treinador. As duas partidas que venceu recentemente foram contra times da ZR da série B. Nas demais partidas não soube armar o time, não soube substituir e não conseguiu vencer adversários diretos na luta pelo acesso. O aproveitamento dele é baixo. E novamente, pangaré não vai aprender a jogar bola pelo salário e nem pelo treinador. Motivação pode se sustentar por 3 ou 4 jogos, é tiro curto, e nem isso o Tcheco conseguiu com esse time pois a qualidade é tão baixa que só o Samir ainda não se deu conta.

    20
      1. Ou ele pensa que a torcida é trouxa. Está fazendo de idiota os 4 mil e poucos que ainda tem coragem de ir ao estádio. Já não tenho mais a intenção de ir em nenhum jogo desse ano. Agora é só pra cumprir tabela. Além do mais dói no olho assistir esse time do Coritiba jogar. Sem dúvida nenhuma o pior time da história do Coritiba.

        5
    1. Pensei a mesma coisa sobre afirmar que os salários estão em dia. Na prática quis tirar o dele da reta e dizer “fiz minha parte, agora é com eles”. Como se não fosse culpa dele a manutenção do Augusto Oliveira e do Pereira e também pela insistência em usar somente a “base” no primeiro semestre. Samir é responsável por esse elenco lastimável de 2018.

      15
  8. Um Clube que tem o Arauto da Oposição mandando no Conselho Deliberativo, ainda usando outros amadores só para não aparecer diretamente, vocês querem o que?
    Aliás esse Arauto já enganou vários por muito tempo, sempre teve um grupelho serviçal ao seu lado, com o tempo só trocou as peças de alguns soldadinhos no tabuleiro para seu ego e vaidade continuarem com status quo de relevância e influência na CONFRARIA.

    16
  9. Inclusive o grupelho do Arauto sempre orbitou em vários lados, o Mito que sempre criticaram teve eleição que se uniram ao mesmo.
    Não tem ninguém com moral para assumir o Coritiba agora ou no futuro, me provem ao contrário e aplaudirei se nunca circularam com adjacentes.
    Por isso insisto, chamem o MCP e entreguem as chaves do Clube ao homem.

    17
  10. “Presidente do Coritiba pede para torcida “não jogar a toalha” na Série B

    Leia atenção publicada ao sócios para presidente e do Coritiba Futebol clube, Samir Namur, pediram que “não jogará toalha, antes, temos oportunidades buscar acessos 1ª. Divisão e série A próximo anos em 2019 temos também, muitas chances remotas vivo no Campeonato Brasileirão da série B.

    Leia em https://www.gazetadopovo.com.br/esportes/coritiba/presidente-do-coritiba-pede-para-torcida-nao-jogar-a-toalha-na-serie-b-ckrdkhrcds4pagwqt9zn50aa6/

    Abraços Eduardo

    13
  11. Não vejo o maior já tem muito tempo. Até ganhei um brinde em sorteio deles que não peguei porque só descobri meses depois. Querendo ou não, o melhor do site “feinho” feito para “meia dúzia de gatos pingados” é que temos aqui o que o maior tem falta: Independência e Verdade. O bom de escrever aqui é que podemos usar de ironias quando necessário e os leitores a compreendem (Quem não compreender, sabe que precisa voltar ao Mobral)

    Entendo a solução do Thor em entregar as chaves ao MCP. Eu não gostaria que isso acontecesse, pois o MCP (para mim) é uma fraude. Mas até o Salada conseguiu tirar um time da beira da falência, contando com craques do naipe de Germano, Dirceu, L. Almeida, Joel (acho que esses são os principais ex-jogadores do ex-glorioso CC).
    Como já registrava o Albano, enquanto a dívida moral e ética não for quitada, enquanto 24>88 mandar no CC, não terá como retomar a trajetória gloriosa.

    É triste mas já comentei em rede social: Os únicos paranaenses garantidos na Série B 2019 são Operário Ponta Grossa e o time da Vila Frog. Os outros ainda correm riscos…
    E não subir nessa várzea é uma vergonha por si só.

    20
        1. Comungo Moderador. O Galvão assim como outros sabem como o “feinho” funciona. Aqui não fazemos média com dirigentes, não inventamos nada, comentamos fatos. Tem gente q teima em não entender isso, talvez por ignorância ou má vontade, mas com o tempo a ficha cai.

          11
  12. O bom é que na meia dúzia de gatos pingados e feinhos todos podem emitir opiniões, independente de diferentes posicionamentos.
    O bom é que também ninguém é bloqueado ou recebe telefonemas, WhatsApp , e-mails ou convites para aparições.
    E viva a democracia!

    15
    1. Amigo Cristhiano, eu penso igual a você, mas você reparou que aqueles que antes achavam o Príncipe Namur o mais preparado e agora criticam só vão até a segunda página?

      Ficam com a desculpa do estatuto e que o impeachment não é viável, porém nunca mencionam ou cobram a renúncia desses amadores.

      A desculpa é que não tem ninguém para assumir, te digo uma coisa, qualquer um é melhor que esses caras!

      2
  13. Verdade… Olha, eu até concordo com o argumento do “quem vai assumir ?”, realmente esta pergunta não sei responder, e não vejo mesmo um Coxa Branca que faça 30% do que o Petraglia fez para o Cap. Mas, do jeito que está não pode ficar, e muito menos continuar ! Já disse que sou um Zé Ninguém, mas se tivesse um mínimo de força para iniciar uma campanha forte e pesada exigindo a renuncia do G5, já o teria feito. Mas não tenho… E me espanta a passividade da nossa torcida, desde os grandes Coxas, ricos ou influentes, até os mais simples como eu e tantos outros. Até me pergunto se a hora que não tiver mais volta a recuperação do CFC, não seremos culpados também pela omissão extrema. Enfim, triste estarmos vendo a ruína do nosso Clube do coração, e nada podermos ou tentarmos fazer… Meus filhos infelizmente tem tudo para não mais verem e torcerem por um CFC digno. Pobre Coritiba.

  14. Vila Nova mostrou como faz. Foi na casa do CSA (vice líder) e ganhou de 2×1 de virada. Entrou no G4. Sem cartinha de presidente, sem jogar na cara de ninguém questão de salário, sem chororo de gestão passada e com muito menos verba que o Coritiba. Foi lá e mostrou serviço, só isso.

Deixe uma resposta