- OPINIÃO

CUIDANDO DOS BAGRES.

Voltando depois de um período sabático, vejo com profunda tristeza tantas besteiras, escritas e faladas, na imprensa brasileira.

O portal UOL, por exemplo, derrama sua demagogia esquerdista contra o novo governo. Talvez seja pela possibilidade de perder a tradicional boquinha que o seu grupo sempre teve nos governos anteriores.

A baixaria é geral. Claro, que neste cenário a nossa imprensa paranaense não poderia ficar atrás. Porém. Não é este o amago deste post.

Confesso que ando cansado de muitas coisas. Deve ser o passar dos anos. Uma destas coisas é ver, todo ano, pernudos dizendo que esse ano vamos subir, ou se manter numa determinada serie.

Uma lástima! Uma mentalidade rasa de forasteiro que chega inundando ouvidos dos manos.

Quem é jovem há mais tempo e coxa dos antigos deve estar de testículos roxa com o tal “vamo subi coxa”. Uma cantoria desgraçada, inventada pelas inúmeras quedas que o ex glorioso teve nos últimos tempos.

O duro é que rapazes elegantes acham isso o máximo. Eu acho de uma pequenez monumental. Não tenho mais paciência para esse discurso e esse cântico trouxa.

Também não tenho mais paciência para ouvir falastrões dando suas tradicionais desculpas para sua incompetência. Assim como de seus pares. Cansou, brutus.

Sinceridade. Vou cuidar dos meus bagres.

Paulo Rink

Share Button

158 Comentários em “CUIDANDO DOS BAGRES.

  1. Hoje voltando de um dia muito especial com minha família ouvi uma música que me lembrou o Coritiba.
    O trecho em especial é “a gente joga bola e não consegue ganhar”… Inútil!!!!
    Me lembrou os jogadores se arrastando em campo nós últimos anos…
    Música que possui um certo valor como crítica social, mas que neste trecho me lembra o Coxa.
    Não sei se terei coragem de incentivar meu filho a torcer pelo Coxa, ainda mais morando fora de Curitiba.
    Pela TV bem melhor ver o Barcelona!

  2. 💩 💩 💩
    1- César Benitez, 🚍
    2 – Alan Costa,
    3 – Alex Alves,
    4 – Wellington Simião, 🚍
    5 – Pablo, 🚍
    6 – Fabricio Alvarenga, 🚍
    7 – Carlos César, 🚍
    8 – Abner, 🚍
    9 – Vinícius Kiss, 🚍
    10 – Jean Carlos, 🚍
    11 – Bruno Morais, 🚍
    12 – Chiquinho, 🚍
    13 – Leandro Silva, 🚍
    14 – Alisson Farias, 🚍
    15 – Uillian Correia, 🚍
    16 – Jonatas Belusso,🚍
    17 – Rafael Lima,
    18 – Carlos Eduardo,
    19 – Guilherme, 🚍
    20 – Escobar, 🚍
    21 – Giovanni
    22 – Wanderley,
    23 – Savio,
    24 – João Victor,
    25 – Felipe Mattioni,
    26 – Fabiano,
    27 – Welinton Junior…
    28 – ??????

    Essa é para os conselheiros q deram o voto de confiança o S. Namur e seu Quinteto Azul. E digo mais, não vai ficar por aí a chegada de tiriças e pangarés.

    1. Três Guerreiros irmãos, sempre com um amor incondicional, positividade e abnegação pelo Coritiba.
      Dois com a mesma posição firme e ideologia de justiça, igualdade e melhor distribuição social numa militância firme e de personalidade.

  3. Porém comungo em o MAIOR migrar para outras redes sociais buscando mais visualizações para os episódios. 1.000 visitas no Youtube é o mesmo q nada. Quem sabe no face esses números melhorem. Com o tempo a “placa” será esquecida.
    Força MAIOR, nada de desacorçoamento!!

  4. A resistência sempre foi e será a marca desses formadores de opiniões quando o assunto é Coritiba, aliás nem só quando o assunto é Coritiba e sim numa ideologia de vida.
    Não desanimem, estaremos juntos de mãos dadas para o que der e vier!

  5. Obras literárias, posições ideológicas firmes, amor incondicional, abnegação, energia positiva, conhecimento amplo e profundo do Coritiba, nós somos torcedores abençoados por termos quem nos representa com extrema qualidade.
    Abutres, profetas do apocalipse, turma do nós avisamos, sejam pacientes e tenham equilíbrio porque precisamos formar uma militância e irmandade pelo Glorioso!

  6. Tem alguns q até conhecem um pouco do coxa, mas não tem noção como é torcer para um clube grande com a “mente forte”. Se contentar com conquista de Taça Dionísio Filho é um belo exemplo.

    Me lembro do amigo Thor vir aqui dizendo q fazer golzinho de falta não faria o J. Rusch um craque. O tempo explicou quem “acertou” e quem “errou”.

Deixe uma resposta