- OPINIÃO

Coragem Louzer

Finalmente o técnico Umberto Louzer fez o que deveria ter feito no campeonato estadual, qualificou o meio campo.

Ao optar por jogar com apenas um volante de ofício, a equipe melhorou muito a saída de bola no meio campo, errando menos passes e controlando mais a posse de bola.

Corrigido o sistema tático, agora tem a missão de utilizar as peças corretas e treinar, treinar e treinar. Precisa ser corajoso para afrontar os interesses internos, escusos e maléficos de fantasmas que transitam nos bastidores do Alto da Glória e escolher o onze titular conforme suas convicções.

Com o retorno de João Vitor, Vitor Carvalho deveria deixar time, mantendo assim, o ideal de apenas um volante de ofício.

A nova contusão de Thiago Lopes abre espaço para o retorno do meia Giovanni que precisa jogar mais e reclamar menos dentro das quatro linhas.

Patrick Brey, apesar de apagado no último jogo, vem desempenhando a importante função de atacar pela esquerda e compor a primeira linha de quatro quando o time está sem a posse de bola.

Luizinho ou Luiz Henrique entrou e tomou conta da posição, comprovando que deveria ter sido melhor utilizado desde o campeonato paranaense, o qual servia justamente para isso, laboratório.

Welinton Júnior ainda é uma incógnita para mim. Jogador rápido para recompor a primeira linha defensiva pelo lado direito, peca no individualismo nos momentos decisivos no ataque. Com certeza daria mais uma chance para iniciar como titular, mas conversaria bastante com ele quanto à necessidade de jogar para a equipe.

De resto, é treinar. Treinar muito e dar continuidade ao sistema tático escolhido, desde que mantida a ideia de utilizar apenas um volante de ofício.

Contra o Atlético-GO, ficou claro que o sistema de jogo utilizado pela equipe perdeu-se com a entrada do volante Elyeser, que somando-se ao outro volante Vitor Carvalho, reduziu praticamente a zero a qualidade na saída de bola.

Espero sinceramente que Louzer não se renda ao conservadorismo falido que habita há anos o Couto Pereira e escale apenas um volante de ofício, mantendo Luizinho no meio campo.

Coragem, Louzer, coragem!

Saudações Alviverdes.

Ricardo Justus Barreto

A coluna assinada não reflete a opinião do website, sendo de responsabilidade exclusiva do respectivo autor.

Foto: Divulgação Coritiba FC

Share Button

21 Comentários em “Coragem Louzer

  1. Tem de aproveitar a fragilidade da varzeana série b. Vejam o caso do Vitória, não conseguia ganhar de ninguém a três meses. Bastou duas rodadas na segundona para tirar a estaca do peito.

  2. Wellignton Júnior joga de cabeça baixa e toma as decisões erradas, algo que se deve corrigir nos treinamentos.
    Romércio é rebatedor de bola, Vitor Carvalho é banco não mais do que isso, Fabiano muito fraco para a lateral, Elyeser está visivelmente acima do peso e volta de grave lesão, Giovani também adora o departamento médico.
    O confiável nesse time chama-se Rodrigão, os restantes no máximo medianos, inclusive o ídolo de muitos Wilson.

  3. Concordo com o Ricardo. Se a ideia é propor o jogo tem que ser com time ofensivo e que toque bem a bola. Propor jogo com 2 volantes não existe. O albano tbm disse tudo, nessa série B de várzea (um ruralzão nacional com 38 partidas) tem que ir pra cima mesmo e não é só no Couto, na casa do adversário tbm tem que se impor.

    1
    1. Só estarei satisfeito quando o clube estiver com as finanças equilibradas, estádio cheio, jogos na série A, lutando (e conseguindo vaga na libertadores), sendo reconhecido na América do Sul como um time forte e de tradição com uma torcida inflamada que transforma o Couto em um alçapão. E que bons jogadores façam questão de vir jogar no clube, pela estrutura que oferece e pelo apoio da torcida. Menos que isso e eu vou continuar exigindo.

  4. Gostei do inicio da serie B, do Coritiba. Sobre cincão a entrada acho que acertaram, se está tento lucro ou não e outra questão. Todo mundo quem lê os meus comentários sabe que sempre fui contra o Busto do saudoso jogador Kruger,cuje merece sim todas as homenagens possíveis, mas busto quem deveria ter era o Evangelino da Costa Neves, esse foi o responsável direto por grandes feitos do Coritiba, lembrando da troca Kosilk que diz que mandou para o Vasco no lugar do Kruger. Ontem nos deixou o jogador Nico.( meus sentimentos a toda a família). Para finalizar a inspiração do MCP para transformar os poodles em potencia, se chama Evangelino da Costa Neves.

Deixe uma resposta