- OPINIÃO

CINCO HOMENS E UM DESTINO.

Olá amigos.

Henry Ford – 1863-1947 – é considerado, entre outras coisas, o “pai” do sistema de produção em massa. Num dos momentos, dentro de sua manufatura, Henry iniciou um processo ao qual um tempo depois foi batizado de verticalização, ou seja, as indústrias do Henry produziam desde os parafusos até os pneus de seus ford’s T’s.

FordLândia, Uma cidade no interior do Pará era onde se produzia as borrachas dos Ford’s T’s. Como a área era uma concessão do estado do Pará, em 1945 Ford e o governo federal chegaram num acordo para encerrar o projeto. Henry foi embora e dizem que ficamos com a trolha.

Cito, nos parágrafos acima, o industrial americano para comentar uma notícia, quase inacreditável, que leio na imprensa. Confesso, sinceramente, que torço muito que o CC se acerte em sua administração. Porém, confesso, não está fácil.

O tema em questão é a possibilidade – já materializada – do CC ter marca própria em seus uniformes. Ok! Já “fabricamos” nossos pangarezinhos, agora vamos para a vestimenta dos mesmos. Logo, passaremos a fazer as sapatilhas dos pernudos. Se bem que essas temos a tradição de importar das terras bávaras com cromo, claro.  

Sem rodeios. Vai dar errado.

Esse “vai dar errado” não é porque o escriba torce contra o CC ou porque os “seis do site” são como poliana, como alguns incautos e seguidores da seita querem fazer parecer.

Acontece que, como administrador, não acredito em nada sem um troço chamado planejamento estratégico. Como os garotos do CC parece não conhecer essa importante ferramenta de gestão…

Não duvido que essa seja uma ideia marxista. Ok! A ideologia política não é importante nesse momento. Então vamos aos fatos do porque vai dar errado.

Parto do princípio que se fosse bom MCP, muito à frente dos nossos Five Boys, já teria implementado no CAP. Como o homem não aplicou… nem vou citar Real Madrid e Barcelona. Sejamos modestos.

Lendo a matéria e a carta enviada aos associados, um erro primário de comunicação de marketing, vejo um mundo que chamamos, em economia, de CETERIS PARIBUS, onde todas as constantes são iguais. Se você já erra na comunicação ao mercado sobre o lançamento de um produto, imagine na estratégia de comercialização.

Tenho algumas dúvidas. Porém, como o site é feinho e nada se salva, ou melhor ainda, pouca gente o lê sei que ficarei sem respostas. Debatemos entre nós mesmos e formamos um novo paradigma.

Tem algo muito estranho nesse angu. Se essa fosse uma tendência comercial, grandes clubes com marcas fortíssimas e profissionais competentes de marketing já o teria colocado em prática.

Uma das minhas dúvidas é quem vai fazer o gerenciamento dos canais de distribuição, e como se dará a CIM – comunicação integrada de marketing – visto que o nosso marketing não é lá uma Brastemp. E mais! Qual o custo envolto nessa operação? Nem vou citar combate à pirataria, logística e controle de qualidade.

Num mundo globalizado a ideia sempre foi ter parceiros comerciais fortes. Essa de ir na contra mão não me parece uma boa ideia. As citadas referencias de outros clubes também não é válida.

Desconfio que por trás dessa papagaiada toda, tenha algo envolto em nuvens nada branca. Recentemente, nesse espaço, apresentei alguns resultados de um trabalho que mostra a pouca atratividade comercial do clube, resultado das péssimas administrações pelo qual passou e passa a instituição.

Suspeito que a verdadeira história seja outra. O clube não é, economicamente, atrativo. Não possui em seu elenco ídolos iconográficos e não tem mais grande apelo popular. Ou seja, o cenário apocalíptico, tão intensamente alertado por aqui, chegou. As grandes marcas não nos querem mais.

Essa é a verdade nua e crua. Sem um planejamento estratégico o CC hoje é administrado, literalmente, nas coxas – sem trocadilhos – tipo vamos levando pra ver o que dá.

A continuar nesse ritmo os cinco homens têm tudo para selar o destino do CC. A extinção.

FABULATIVO.

A derrota para o Avaí e o grande empate contra o Juventude mostra o quanto o CC está pequeno.

Paulo Rink.

Share Button

223 Comentários em “CINCO HOMENS E UM DESTINO.

  1. Vou repetir.

    👇
    Esse Tio Google é mesmo uma beleza. Eu lembrava q tinha um Tetra Rebaixamento na carreira desse goleiro Wilson, e minha memória não estava fraca. Acrescenta aí + 1 rebaixamento dele jogando pelo próprio Figueira, ou seja, caiu duas vezes conquista um “duplex” na queda.

    Wilson: Figueirense (2008 e 2012), Vitória (2014) e Coritiba (2017)

  2. Como dá gosto de ler as colunas do nosso amigo P.R.!
    Volto a repetir,como podemos desperdiçar talentos como ele,capaz,inteligente,profissional ao extremo e acima de tudo Coxa Branca de sangue e alma,que poderia estar efetivamente ajudando o Clube com sua competência.
    Lamentavelmente somos dirigidos por amadores e aventureiros para nossa tristeza.

    2
  3. Combinações de resultados para o Imortal não perder outras posições na tábua de classificação.

    Guarani x São Bento (Empate ou vitória do bugre)

    Vila Nova x Atlético-GO (Empate ou vitória do dragão)

    Paysandu x CSA (Vitória do CSA, empate ou vitória do papão desde q não faça uma diferença de 2 gols)

    Vamos torcer nação coxa 👈

  4. Nos espelhamos em Paysaindu para chegar a essa grande ideia da malharia da Tia Maria. Mas eu acho que o PR chegou ao ponto fundamental: não fomos nós quem optamos pela malharia da tia Maria, foi a única alternativa. Ou seria uniforme da Kanxa e a torcida ia cuspir fogo. Como disse o príncipe Namur, que não está rendendo nada a venda de uniformes com as grandes marcas esportivas, será que a conclusão é que o público não se interessa mais pelo time devido aos consecutivos vexames? Acho que essa linha de raciocínio é a mais lógica devido aos públicos ridículos registrados este ano. E se perguntar ao presidente sobre a malharia ele vai dizer que estava tudo no planejamento. Não duvido de que nem se atentaram que o contrato com a Adidas estava chegando ao seu final, devido as baixas vendas a Adidas ficou quieta e nem tiveram interesse em renovar. Talvez até tenham tentado alguma outra marca tipo Nike ou Under Armour ou Umbro mas ouviram “não” e vieram com essa desculpa de confeccionar o próprio material. E o seu Augusto?? Continua lá dizendo que finalmente vai trazer os reforços necessários quase na metade do ano, com a ajuda do olheiro Steve.

  5. Essa é pra quem não viu.

    – Estava espiando no lance a lance do globo.com a partida Figueirense x S. Corrêa.
    Essa parte diz tudo o q é essa série b 2018:

    “Rato cobra na área, a bola sobra para Fumaça bater em cima da zaga” 👈

  6. Já me imagino recebendo uma ligação e ouvindo: “Olá sócio, aqui é a Tia Maria… Adquira uma camisa nova do Coxa modelo top, e ajude nosso Clube a retornar a série A em 2021 !”. Pobre de Ti, Coritiba !!!

  7. Considero o goleiro Wilson o melhor que já vi no Coritiba. Embora seja uma opinião pessoal, posso estar enganado, mas é um dos poucos que raramente falha. No último jogo teve uma pequena falha, mas tem bastante crédito, pois em dois campeonatos foi um dos principais responsáveis por evitar a queda do Coritiba. Os outros clubes que jogou, são clubes com pouca estrutura e já foram rebaixados várias vezes.

    Também penso que não se deve elogiar muito um jogador de futebol, pois isto pode até tirar um pouco a concentração dele nos jogos. Ele tem sido muito elogiado, mas é preciso também ser cobrado quando erra. Mas naquele jogo o time jogou muito mal, é preciso treinar mais fundamentos de jogadas, para não errar tantos passes, como no último jogo.

    1. Respeito a opinião,mas na minha Rafael Camarota,Jairo,Manga,Mazaropi,Fernando Prass são muito superiores ao goleiro tetra rebaixado,basta ver história e currículo de todos e contra fatos não há argumentos.

      1. O melhor para mim é realmente o Wilson, melhor que o Vanderlei, também que o Fernando, até mesmo melhor que o Rafael. Para mim o Wilson é o melhor e depois alguns outros destes citados também são excelentes goleiros. Mas é apenas uma opinião. Mas o problema principal é que o time está jogando mal, o preparo físico não é muito bom.
        É preciso treinar fundamentos, como o melhor modo de chutar a bola, por exemplo quando o jogador estiver do lado direito do gol, chutar com o lado interno do pé, o contrário de quando estiver do lado esquerdo. Treinar mais passes, pois têm errado muitos passes. Sempre defendi a tese de se jogar mais pelas pontas, pois não acabou os ponteiros, só acabaram os ponteiros fixos. Todos podem até discordarem, mas acho que o Kady é uma boa opção para o time do Coritiba, pois ele joga pelo meio e também faz jogadas pela ponta. Mas também é uma questão de opinião, pois não entendo tanto de esquema de jogo, pois cada jogo há uma necessidade de um esquema específico. A preferência por jogador também é pessoal, mas acho também que o Guilherme Parede tem lugar no time titular.

    2. Nessa eu concordo em partes com o Orlando, apesar do Rafael Camarotta ser herói em 85 foi o RESPONSÁVEL direto pelo nosso rebaixamento na caneta em 89. Sem falar da P sacanagem que o Rafael Camarotta, fez com o Goleiro Madruga se eu não me engano em 92, lembrando que em 85 contra o galo de minas o nosso Goleiro foi o Jairo no couto. Né, Rafael Camarotta, estou mentido? Duvido vc me desmentir?

      Sim o Wilson, está no nível do Fernando Brás, e do Luiz Henrique ( diz a lenda que da calafrios no Camarotta quando se fala em Luiz Henrique). Rafael Camarotta eu não esqueço da sua joelhada no Gardel ( in memoria) e olha eu era muito garoto.

      2
  8. Jairo ( pelo caráter, hombridade) Madruga (injustiçado) Luiz Henrique (queria ficar mas o Rafael Camarotta poderia ficar desempregado). Fernando Brás (mal agradecido) Wilson, sem dúvida, hoje um dos melhores goleiros que o Coritiba teve.

        1. Desculpe Alba,mas afirmo o Wilson é melhor que o Manga apesar das situações opostas e a temporada que cada um jogou no Club. Nessa eu fico como Wilson, sem renegar a boa fase do Manga, tanto é que ele se mandou para o Grêmio depois dessa temporada no Coritiba.

      1. Sem problemas e salutar discordar, mas são épocas diferentes e situações opostas, e como o destino de cada um, que segundo a Kabala cada irá cumprir, dou um exemplo o Pachequinho, pelo o que jogava estaria milionário hoje, foi o melhor jogador que eu vi jogar no Coritiba.

  9. Peço perdão, ao um amigo meu. Mas Alba, sobre rebaixamento, isso me faz lembrar de uma rapaz da torcida organizada do Namur que teve o nariz quebrado e o Jango atravessou até organizada dos poodles para levar o menino para o departamento medico do Coritiba. Desconfio que até o antigo vereador faz de conta que não lembra, disso,afinal usa essa mesma galera de massa de manobra atualmente.

    11
  10. Acompanhei essa discussão sobre os goleiros, puxado pelo Orlando, que os nobres colegas fizeram. Bem salutar todas as opiniões e argumentos. Contudo, eu tenho uma opinião formado sobre esse assunto, essa opinião já vem comigo, imutável, desde os anos 90.
    Primeiramente, é necessário salientar que essa posição é ingrata e todos, sem exceção, estão sujeitos à falhas. E por ser uma posição ingrata, toda falha é potencializada.

    Para mim, desde as finais e 1978 – quando comecei a ir ao estádio e tenho em memória – o Coritiba sempre teve por excelência grandes goleiros. Muitos deles, grandes apenas no Coritiba, sem conquistar grandes atuações em grandes clubes. Assim, eu não consigo apontar – salvo alguns que citarei à frente – goleiros ruins ou fracos que envergaram a camisa 1. Mesmo nos fraquíssimos anos 90, os goleiros foram nosso destaque positivo.

    Conheço e reverencio a história dos goleiros alviverdes antes das finais de 1978, mas como não os vi jogar, não os “rankeio”, que seriam: Rey; Hamilton; Raul Plasmann; Célio Maciel; Jairo, durante o seu auge, principalmente em 1973 e 1974; e Joel Mendes.

    Alguns arqueiros até foram relativamente bem, mas pela nossa história coritibana na posição, me decepcionaram. Foram eles: Jimenez, Jorge Sere, Pereira, os dois Anselmos (o Baleia, que veio do Ceará, e o que foi vice-campeão pelo União de Bandeirantes em 1992), Douglas, Vizzoto e Vaná. De 1978 para cá, valorizo todos que não estão nesta lista – tanto pelo real desempenho que tiveram, ótimo, quanto pelo nível técnico das equipes que compunham, se destacando.

    Mas já que fizeram uma listinha dos melhores que viram, vou por minha (independente do que fizeram em outros clubes, caráter ou falhas que cometeram. São eles: Rafael Camarotta; Fernando (aqui, ainda não era Prass); Luiz Henrique; Vanderlei; Edson Bastos; Artur; Gerson; Régis; Renato Cecco; Sadi.

    Um abraço a todos!

    SAV

    18
  11. Hoje é 14/06. Espero ansioso pelo dia 28/06, término da 1ª fase da Copa do Mundo – a fase de grupos.

    Estou certo que o Sumir está aguardando o encerramento dessa fase para que, junto às seleções eliminadas, possa contratar e reforçar o Coritiba com os seus destaques! SQN

    SAV

    10
  12. Sobre os goleiros, o que mais me impressionou pelas espetaculares defesas foi o Edson Bastos. Não digo que foi o melhor ou o pior. Uma pena que naquela final contra o Vasco ele tenha falhado de forma tão bisonha, pois se o coxa levantasse o caneco ele cravava o nome na história do clube. Segue um vídeo com as melhores defesas dele pelo coxa: “youtube.com/watch?v=QLaJBkNbTzs”

    6
  13. Um detalhe. Minhas avaliações sobre goleiros não foi sobre o desempenho deles jogando somente pelo Coritiba FC e sim pela carreira como atleta em geral.

    Ficaria sem sentido falar do Tetra Rebaixamento do Wilson, até porque no Imortal foi só 1.

    4
  14. Não me preocupo muito com jogador, nem mesmo com diretores, pois o que vale mesmo é uma boa situação financeira e uma boa estrutura suficientes para se ganhar títulos. Para se tornar um clube vencedor, se eu tivesse condição de comando do clube, iria simplesmente melhorar a estrutura. Tentaria vender a área do CT de Campina Grande, com o dinheiro compraria um lote e construiria um centro comercial, para dar apoio financeiro ao Centro de Treinamento da Graciosa, inclusive faria uma melhora do antigo C.T. Somente com uma atitude destas é que seremos mais vencedores.

    Embora não seja nada fácil, pois para se vender uma propriedade não é fácil, nem mesmo para se fazer um centro comercial, mas é preciso de atitudes para melhorar a condição geral do clube.

    Por incrível que pareça jogador não é o mais importante, pois se colocassem a melhor seleção do mundo da atualidade, no time do Toledo, por exemplo, não iria ter nenhum sucesso. Com todo respeito ao clube do Toledo, mas não tem uma base estrutural boa e nem um potencial para se fazer um grande clube. Isto é válido para qualquer clube de pequeno porte.

    Não significa que bons jogadores também não tenham influência, ou mesmo bons dirigentes. Na verdade dirigentes têm mais influência em um clube até mesmo mais que jogadores, pois este Centro de Treinamento, está parado há anos.

    É preciso uma decisão rápida no que fazer com este espaço e não tomam nenhuma atitude. É preciso também treinar mais o time, pois não está jogando bem, isto é tarefa do técnico. Por isto também acredito mais na direção do clube do que em jogadores. Mas o principal é sem dúvida a condição estrutural e financeira do clube.

    6
  15. Fugindo dos goleiros e voltando ao brilhante texto do PR, vejo que o pior de tudo é ver que a falência múltipla do CC (esportiva, comercial, moral, etc) acontece com a complacência dos sócios que elegeram o Projeto Perder, que a cada derrota apresentava uma maquete nova.

    Não acompanho o Coxa de perto, sou só um “corneta de sofá”, mas desde que fui morar em Curitiba, em 2003, torço pelo verdão. Não entendo como que pessoas podem dispor de uma quantia mensal para ser sócios do clube e não fazerem nada para evitar essa derrocada! Parecem violinistas do Titanic, felizes por “estar no G4 da Série B” (coisa que nem está mais agora) enquanto o navio vai por água abaixo.

    E ainda reclamam por apoio. Parece meu filho pedindo presente para se comportar bem, quando o acordo é comporte-se bem para poder pedir algo de presente. Vale para o time: Joguem bem e o apoio virá, não invertam a ordem natural das coisas.

    18
      1. Prove e mostre aonde foi bloqueado ou censurado!
        Deiferentemente de outros lugares, aqui não existem mágicas para desaparecerem comentários contrários, também não tem nenhuma parceria Indomável, com certeza você faz parte dos capachos e soldadinhos mas sem problemas, caia no trecho e debatemos qualquer coisa porque o assunto é apenas futebol!

        1
  16. Thor. Nós da Moderação comungamos com seu comentário. Sensacional o nível dos debates, assim como o conhecimento da galera sobre assuntos relativos ao futebol e Coritiba. Todos os participantes merecem nota máxima.

    Receba um abraço do Moderador.

    34

Deixe uma resposta